Tudo o que você precisa saber para dominar a linguagem JavaScript! Blog DNC

Isso cria uma atmosfera competitiva saudável e motiva os desenvolvedores a se superarem continuamente. Os katas são problemas reais de programação que desafiam os desenvolvedores a escreverem soluções eficientes e elegantes. A aba de “Practice” também oferece competições de programação regulares, onde você pode testar suas habilidades em um ambiente competitivo Soft skills: O papel da criatividade em desenvolvimento de software e comparar seus resultados com outros desenvolvedores. Conhecida por ser uma linguagem de script, possibilitando que seja executada diretamente no navegador do usuário, sem a necessidade de compilação prévia. A versão mais significativa foi o ECMAScript 6, lançado em 2015, que introduziu várias melhorias na sintaxe e funcionalidades da linguagem.

  • Se você já se sentiu em algum momento, chegou a hora de buscar um mentor de programação.
  • Assim, em 1995, a Netscape contratou o desenvolvedor Brendan Eich para criar uma linguagem de script que trouxesse “vida” às páginas Web.
  • O JavaScript assemelha-se ao Java, porém não possui tipagem estática e checagem rigída de tipos como o Java.
  • A integração do JavaScript com HTML e CSS é outro ponto a seu favor, permitindo que os desenvolvedores manipulem o conteúdo e o estilo das páginas de forma dinâmica.
  • Quando você está pesquisando sobre o mercado de programação é muito comum se deparar com o nome JavaScript.

O caminho para o aprendizado

Além das funções tradicionais, as arrow functions oferecem uma forma mais concisa de escrever funções em JavaScript, contribuindo para a eficiência e legibilidade do código. Os operadores em JavaScript são símbolos especiais que realizam ações ou operações sobre valores e variáveis. Eles incluem operadores aritméticos, de atribuição, de comparação e lógicos, sendo essenciais para realizar cálculos, comparações e avaliações lógicas no desenvolvimento de aplicações web. Arrays são listas iteráveis que permitem armazenar múltiplos valores em uma única estrutura, acessíveis por índices numéricos ou posicionais. Para acessar elementos específicos, utilizamos a notação de colchetes com o índice baseado em zero.

Arrays em JavaScript

como aprender javascript

Você não tem que transformar o código em algo diferente antes do navegador executa-lo. Aqui nós estamos selecionando um parágrafo (linha 1) e anexando a ele um event listener (linha 3). Então, quando o parágrafo recebe um clique, o bloco de código https://www.okariri.com/brasil/soft-skills-o-papel-da-criatividade-em-desenvolvimento-de-software/ atualizarNome() (linhas 5 a 8) é executado. O bloco de código atualizarNome()(esses tipos de bloco de código reutilizáveis são chamados “funções”) pede ao usuário que informe um novo nome, e então insere esse nome no parágrafo, atualizando-o.

Curso de JavaScript gratuito: completo com exercícios

Ele possui um conjunto de templates, componentes, módulos e ferramentas que acabam acelerando o processo de desenvolvimento de uma aplicação. Isso acontece, pois essa é uma linguagem que atua no lado do cliente (ou client-side), portanto consegue executar suas tarefas diretamente na máquina do usuário sem precisar acessar algum servidor. Sendo assim, basta ter um navegador e já é possível desenvolver código com JavaScript. A ideia de utilizar as bibliotecas, também chamadas de “libs”, é reutilizar códigos já existentes e não perder tempo tentando escrever algo que já foi escrito por outra pessoa. Então, funcionalidades complexas, como trabalhar com dados, animações e cálculos matemáticos, podem ser simplificadas de maneira rápida.

– Funções

É muito importante saber que existem diferenças entre JavaScript e outras linguagens, e a escolha pode variar de acordo com os requisitos exigidos para cada projeto. Para se ter uma ideia de como é esse sistema de código binário, recomendo a leitura do artigo Entenda o sistema de Código Binário. De forma resumida, as bibliotecas são pedaços de código pronto que vão trazer alguma funcionalidade ou resolver algum problema. Como vimos anteriormente, a comunidade do JavaScript é muito colaborativa, com isso, surgem as bibliotecas da linguagem.